O alvorecer de uma nova era

Popularização dos esportes de prancha fortalece a cultura de praia entre os povos do Atlântico

por Lucas Conejero, 06/04/2017
follow

O século XXI, era do compartilhamento, das iniciativas voltadas para todos, popularizou o surf e as modalidades que dele derivaram. Depois de décadas restrito à uma “tribo”, o esporte dos reis havaianos invadiu as praias do mundo, sobretudo a costa do Oceano Atlântico, inspiração do Festivalma XII.

Na esteira deste processo de descentralização e popularização da cultura do surf, a cultura de praia, já mainstream em muitos países globo, também cresceu e ganhou ainda mais espaço.

Foi neste contexto que empresários, atletas, artistas, fotógrafos, jornalistas e publicitários conseguiram de certa forma retraduzir toda essa energia, originalmente movida pelos ventos do Pacífico, e dela nasceu uma estética e uma linguagem próprias, extremamente influentes nas novas gerações de moradores das cidades banhadas pelo Atlântico, principalmente dos mais jovens.

Marcas como a conceitual Osklen e a popular Mormaii são ótimos exemplos de como o lifestyle do surf está atualmente inserido no cotidiano do povo brasileiro, sem distinção de classe ou de opção de prancha.

Pelo mundo, são exemplos o hype da surf shop nova-iorquina Saturday e uma exposição de dezenas de pranchas na fachada do MUDE (Museu do Design e da Moda) em Lisboa. Por falar em Nova Iorque, a cidade recebeu em 2011 uma etapa do Circuito Mundial de Surf patrocinada pela Quiksilver.

Tudo isso laureado pelo novo padrão de ondas grandes gerado com a descoberta do potencial do Canhão de Nazaré ou pela nova noção de tubos perfeitos proveniente do deserto do oeste africano com a descoberta do potencial da Namíbia.

Festivalma

Antenada nas tendências de futuro, a Almasurf cria no alvorecer do novo milênio o Festivalma, evento que apresentaria o surf ao público de uma outra perspectiva: a da riqueza cultural de suas tradições. Foi vanguarda, fez o novo e conforme o tempo passou viu iniciativas parecidas multiplicarem-se.

Em 2017, o festival chega à décima segunda edição e celebra o Atlântico, lar de muitos dos melhores atletas dos esportes de prancha do mundo. Tetracampeã mundial de bodyboard, Isabela Sousa é uma delas e ela enxerga o Oceano como uma escola. “O Atlântico me desperta a alegria de uma criança e a sabedoria de uma anciã”, define.

“Tenho a sensação que o Pacifico é mais velho do que o Atlântico, seja na cultura dos esportes com pranchas ou seja na forma que eles se comportam. De todo modo, os vejo como complementares, faces diferentes de uma mesma natureza”, avalia a cearense.

Para o também cearense Marcilio Browne, bicampeão mundial de windsurf, o Atlântico desperta o sentimento de conforto. “Atualmente, eu moro em Maui, no Hawaii. Portanto, quando estou no Atlântico me sinto em casa”, conta.

Adepto da filosofia waterman, o multi-esportista Gustavo Foerster tem o Oceano como fator motivacional. “O Atlântico desperta a vontade de velejar, navegar, remar, sair em busca do desconhecido. Entro na água uma pessoa e saio outra”, diz Gustavo.


Atual líder do ranking do Circuito Mundial de Longboard Feminino, a carioca Chloé Calmon revela que o Atlântico lhe desperta segurança. “Por mais que você seja apenas um pequeno ponto no Oceano e tenha muito o que conhecer dele, é um sentimento de velhos amigos”, analisa Calmon.

Já Rony Gomes, skatista da equipe TNT Energy Drink, define o sentimento em uma única frase: “O Atlântico me desperta a vontade de estar dentro da água o maior tempo possível”.

O XII Festivalma é realizado pela Revista Almasurf, com incentivo do Ministério da Cultura e da Secretaria de Cultura do Estado de SP. Este ano o evento será apresentado pela TNT Energy Drink. Patrocínio de Corona. Apoio: BIC, Revista Rolling Stone e Almap.

Festivalma 2017

São Paulo
Data 13 de abril
Shows Citizen Cope, Pepper Band, Edú Marron Band e Salt Water Soul
Local Ibirapuera, São Paulo 

Rio de Janeiro
Data 15 de abril
Shows Citizen Cope, Pepper Band
Local Canto do Arpoador, Ipanema 

Mais Informações (0xx11) 3744-3711

almasurfalmasurfalmasurfalmasurf