Pukas sob chamas

Incêndio destrói a maior fábrica de pranchas de surf da Europa, a Pukas Surfboards, que fica no País Basco, em San Sebástian, Espanha.

por Redação Almasurf, 28/06/2017
follow

Na semana passada, (19/06), um incêndio destruiu a maior fábrica de pranchas de surfe da Europa, a Pukas Surfboards, que fica no País Basco, em San Sebástian, Espanha.

O foco inicial das chamas aconteceu no interior dos armazéns da empresa no início da tarde, durante os trabalhos diários de produção e se propagou rapidamente por toda extensão da empresa. A dificuldade dos trabalhos de contenção das chamas aumentou porque os materiais utilizados para fabricação das pranchas, como resina e solventes, são inflamáveis e se propagam com muita rapidez durante um incêndio.

Mais de 50 bombeiros e funcionários da empresa participaram do combate às chamas que perdurou por algumas horas. A população de Oiartzun, onde fica a instalação, se uniu no combate ao fogo durante a evacuação das zonas próximas a fábrica, pela ameaça de serem atingidos pelas chamas. O risco da propagação do incêndio foi intensificado pela onda de calor que acomete a Europa nesse início de verão.

Segundo relatos publicados pelo jornal Diário Basco, “tentamos buscar água para apagar o fogo, mas não sabíamos de onde vinha. Assim que vimos sair muito fogo, fomos correndo avisar as pessoas para sair à rua”, disse uma testemunha ao jornal, no meio da correria na tentativa de ajudar no incêndio.

Foram mais de cinco horas de trabalho para controlar as chamas e evitar novos focos de incêndio no local. Um funcionário e mais três bombeiros precisaram ser transportados até o hospital devido a intoxicação pela inalação da forte fumaça. A fábrica que estava em pleno funcionamento desde 1988 e tinha uma produção de 9 mil pranchas por ano, mas ainda não foi possível avaliar as perdas. A polícia local trabalha para identificar as causas do incêndio.

Fonte Torcedores.com 

 

almasurfalmasurfalmasurfalmasurf