Guarda do Embaú, um lugar especial

Nick Mucha é recebido na Guarda do Embaú (SC) para promover certificação da praia em Reserva Mundial de Surf.

por Marcos, 18/07/2017
follow

Com estas palavras, Nick Mucha, diretor do Programa das Reservas Mundiais de Surf (World Surfing Reserves-WSR) da Ong mundial Save the Waves Coalition (STW), definiu seu sentimento após permanecer de 7 a 13 deste mês em contato com a comunidade da Guarda do Embaú, última praia ao sul do município de Palhoça (SC).

A visita teve o objetivo de dar continuidade ao Plano de Gestão da recém eleita nona Reserva Mundial de Surf (RMS) e primeira do Brasil. Com uma programação extensa Nick pôde conhecer as ondas, as pessoas e os recursos naturais que deram o título à praia. “É um lugar muito especial, estou super entusiasmado em fazer parte disso”, declarou.

Sempre acompanhado pelos membros do Comitê Gestor Local, ele percorreu os pontos mais especiais do local, como a Prainha, a Pedra do Urubú, os costões que acompanham o rio e o mar. O ponto alto desta verdadeira “vistoria” foi a navegação pelo Rio da Madre, acompanhado pela Polícia Ambiental, por pescadores e por técnicos do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro (PEST).

Na ocasião, Nick teve encontros com autoridades estaduais e municipais, pescadores, surfistas, líderes comunitários, estudantes, gestores do PEST e da Apa da Baleia Franca e participou de confraternizações e concedeu entrevistas.

Destaque para o almoço oferecido pela Associação dos Pescadores e o coquetel que finalizou a visita, quando foi comemorado 30 anos da Associação de Surf e Preservação da Guarda do Embaú (ASPG), com exposição de fotos do saudoso Ricardo dos Santos nas lentes de William Zimmermann.

O representante americano também foi recebido no gabinete do promotor temático do PEST, José Eduardo Cardoso, que se mostrou entusiasmado com a iniciativa e com o título. A reunião contou com a participação especial da coordenadora da Ong Conservação Internacional (CI), Renata Pereira, que veio de Caravelas (BA) para apoiar Nick no planejamento estratégico do Conselho Gestor Local.

Ao final desta etapa da certificação, foi possível estabelecer a meta prioritária a ser alcançada pela Reserva Mundial de Surf: a conservação do Rio da Madre.

Estuário muito importante que movimenta a economia, ajuda na formação das ondas, propicia o lazer e atividades diversas, o rio tem papel preponderante na vida da comunidade. “Identificamos várias oportunidades, mas vamos focar as ações para manter a qualidade do Rio da Madre”, disse Nick.

Segundo o representante da STW, o próximo passo é finalizar o plano de conservação e implementação de projetos para o rio. Além disso, o “Comitê Gestor Local deverá indicar o embaixador da RMS Guarda do Embaú e produzir um livro. Então, faremos uma cerimônia oficial, ainda sem data prevista”, concluiu.
 

almasurfalmasurfalmasurfalmasurf