Jessé quebra em Manly

Novo líder do WSL Qualifying Series 2017 bate o local Julian Wilson por um incrível placar de 18,13 a 18,00 no QS 6000 de Manly Beach.

por Tâmila Dalila, 06/03/2017
follow

O Brasil começa muito bem a temporada, conquistando as duas primeiras etapas do QS 6000 na Austrália. O paulista Jessé Mendes, 24 anos, foi finalista nas duas. Em Newcastle, perdeu a decisão verde-amarela para o catarinense Yago Dora, 20, mas em Sydney festejou uma vitória fantástica no Australian Open of Surfing.

Por um incrível placar de 18,13 a 18,00 pontos, bateu o favorito ao título, Julian Wilson, 28, diante da sua torcida em Manly Beach, garantindo o título com uma nota 9,40 logo após o australiano receber 9,33 nas melhores ondas da bateria. O top da elite da World Surf League impediu outra final brasileira ao barrar o paulista Alex Ribeiro, 27, nas semifinais, porém amargou mais uma derrota como na decisão de 2014, contra o hoje campeão mundial Adriano de Souza, 30 anos.

"Estou muito feliz por essa vitória, pois vencer o Julian (Wilson) numa final é uma coisa incrível", disse Jessé Mendes. "Eu sabia que teria que surfar o meu melhor e foi isso o que eu fiz. Eu nunca tinha passado das quartas de final em campeonatos aqui na Austrália, então fazer duas finais e ganhar o título aqui foi fantástico para mim. Eu ganhei uma etapa importante do QS no ano passado (QS 10000 em Cascais, Portugal), mas não me qualifiquei para o CT. Então, começar a temporada com um segundo e um primeiro lugar me dá muito mais confiança para ir em busca do meu sonho esse ano, que é entrar no CT", disse.

O fim de semana com chuva não desanimou o público que fez festa na praia de Manly, Sydney, para prestigiar o Australian Open of Surfing 2017.

Um dos highlights foi a participação de 24 atletas brasileiros nessa segunda etapa do QS (Qualyfing Series) 2017, ainda reflexo do movimento Brazilian Storm.

As quartas de final começaram agitadas no domingo com a bateria do brasileiro Marcos Fernandez contra o australiano Julian Wilson. Fernandez foi desqualificado, mas os atletas brasileiros Jesse Mendes e Alex Ribeiro seguiram para as semifinais.

A torcida brasileira e australiana estava bem dividida nas areias de Manly e, na final, o público pôde interagir com os atletas, vibrando a cada onda. E foi vitória brasileira!

Jessé Mendes ganhou por uma pequena diferença (0.13) e o crowd brasileiro celebrou com orgulho!

No surf feminino, a atleta Silvana Lima infelizmente perdeu por poucos pontos antes das quarta de final. A atual campeã mundial, australiana Tyler Wright, também foi desclassificada.

Assim, a final feminina ficou entre a havaiana Malia Manuel e a francesa Johanne Defay. Malia levou o titulo de campeã do Australian Open e garantiu 6 mil pontos nessa segunda etapa do QS. (Colaborou João Carvalho)

A chuva deu uma trégua e foi o momento de literalmente enxugar a pista de skate e BMX e permitir que as estrelas do street park brilhassem. A final de skate levou a plateia ao delírio com manobras de alto nível, Tom Schaar (EUA) primeiro. Ivan Federico (Ita) ficou em segundo, com os brasileiros Pedro Barros e Murilo Peres completando o pódio.

No BMX, a disputa aconteceu domingo entre uma chuva e outra, e mesmo com tantos “breaks” forçados pelo tempo ruim, os atletas não se desmotivaram.

As manobras foram espetaculares no Van’s Pro Cup. Resultado ficou assim com Sergio Layos (Esp), Dennis Enarson (EUA) e Larry Edgar (EUA) nas primeiras colocações.

Ao por do sol, as bandas Elk Road e Hermitude completaram a festa em Manly no sábado. E no domingo, PLTS, The Jezebels e DJ Hounded encerraram o evento no palco da MTV.

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO QS 6000 AUSTRALIAN OPEN OF SURFING
Campeão: Jessé Mendes (BRA) por 18,13 pontos (9,40+8,73) - US$ 25.000 e 6.000 pontos
Vice-campeão: Julian Wilson (AUS) com 18,00 pontos (9,33+8,67) - US$ 12.000 e 4.500 pontos

SEMIFINAIS - 3.o lugar com 3.550 pontos e US$ 5.500 de prêmio:
1.a: Julian Wilson (AUS) 16.43 x 15.66 Alex Ribeiro (BRA)
2.a: Jessé Mendes (BRA) 15.00 x 14.93 Hiroto Ohhara (JPN)

QUARTAS DE FINAL - 5.o lugar com 2.650 pontos e US$ 3.000 de prêmio:
1.a: Julian Wilson (AUS) 14.87 x 12.33 Marco Fernandez (BRA)
2.a: Alex Ribeiro (BRA) 14.43 x 7.16 Mitch Crews (AUS)
3.a: Hiroto Ohhara (JPN) 16.77 x 8.47 Nat Young (EUA)
4.a: Jessé Mendes (BRA) 15.17 x 11.43 Jorgann Couzinet (FRA)

FINAL DO QS 6000 GIRLS MAKE YOUR MOVE WOMEN´S PRO:
Campeã: Malia Manuel (HAV) por 17,87 pontos (9,30+8,57) - US$ 10.000 e 6.000 pontos
Vice-campeã: Johanne Defay (FRA) com 16,16 pontos (8,33+7,83) - US$ 5.000 e 4.500 pontos

SEMIFINAIS - 3.o lugar com 3.550 pontos e US$ 2.500 de prêmio:
1.a: Malia Manuel (HAV) 15.83 x 15.03 Tyler Wright (AUS)
2.a: Johanne Defay (FRA) 17.27 x 12.43 Pauline Ado (FRA)

QUARTAS DE FINAL - 5.o lugar com 2.650 pontos e US$ 1.750 de prêmio:
1.a: Tyler Wright (AUS) 15.40 x 14.07 Philippa Anderson (AUS)
2.a: Malia Manuel (HAV) 14.93 x 12.30 Sally Fitzgibbons (AUS)
3.a: Johanne Defay (FRA) 13.00 x 11.77 Keely Andrew (AUS)
4.a: Pauline Ado (FRA) 12.54 x 12.44 Tatiana Weston-Webb (HAV)

G-10 DO WSL QUALIFYING SERIES 2017 - ranking das 10 primeiras etapas:
1.o: Jessé Mendes (BRA) - 10.980 pontos
2.o: Yago Dora (BRA) - 7.185
3.o: Jorgann Couzinet (FRA) - 6.425
4.o: Hiroto Ohhara (JPN) - 5.340
5.o: Mitch Coleborn (AUS) - 5.100
6.o: Ian Crane (EUA) - 5.080
7.o: Julian Wilson (AUS) - 4.870
8.o: Alex Ribeiro (BRA) - 4.200
9.o: Soli Bailey (AUS) - 4.100
10.o: Alejo Muniz (BRA) - 3.700
próximos sul-americanos até 100:
14: Willian Cardoso (BRA) - 3.050 pontos
18: Marco Fernandez (BRA) - 2.770
27: Rafael Teixeira (BRA) - 2.290
28: Michael Rodrigues (BRA) - 2.280
29: Adriano de Souza (BRA) - 2.250
36: David do Carmo (BRA) - 2.080
45: Peterson Crisanto (BRA) - 1.895
48: Deivid Silva (BRA) - 1.750
48: Santiago Muniz (ARG) - 1.750
51: Leandro Usuna (ARG) - 1.705
54: Bino Lopes (BRA) - 1.690
57: Miguel Tudela (PER) - 1.645
58: Juninho Urcia (PER) - 1.640
60: Lucca Mesinas Novaro (PER) - 1.610
69: Samuel Pupo (BRA) - 1.350
71: Marcos Correa (BRA) - 1.325
81: Lucas Silveira (BRA) - 1.215
84: Jean da Silva (BRA) - 1.170
89: Alonso Correa (PER) - 1.100
95: Thiago Guimarães (BRA) - 1.070
103: Flavio Nakagima (BRA) - 980
103: Joaquin del Castillo (PER) - 980

G-6 DO WSL QUALIFYING SERIES FEMININO - ranking das 8 primeiras etapas:
1.a: Johanne Defay (FRA) - 10.500 pontos
2.a: Malia Manuel (HAV) - 8.650
3.a: Macy Callaghan (AUS) - 7.000
4.a: Paige Hareb (NZL) - 6.230
5.a: Tatiana Weston-Webb (HAV) - 5.300
6.a: Pauline Ado (FRA) - 5.100
sul-americanas no ranking 2017:
16: Silvana Lima (BRA) - 3.100 pontos
50: Melanie Giunta (PER) - 1.435
53: Dominic Barona (EQU) - 1.350
90: Lorena Fica (CHL) - 785
96: Anali Gomez (PER) - 700
100: Josefina Ane (ARG) - 640
103: Tainá Hinckel (BRA) - 620
145: Jessica Anderson (CHL) - 240
167: Pomare Dreisziger (CHL) - 120

almasurfalmasurfalmasurf